Pular para o conteúdo principal

Renúncia Urgente!

Quero deixar aqui o meu apoio a você, esposa de pastor.
É urgente nosso desprendimento.
Temos vivido tempos difíceis. A cada dia vemos o aumento
da iniquidade e a diminuição do amor. Felizmente, essa diminuição
do amor não é de todos, existem e creio que sempre existirão
aqueles que amam verdadeiramente.
Por vezes não nos sentimos lutando contra algo maior que nós?
Por mais que nos esforcemos parece impossível vivermos
a cada dia com alegria e disposição, pois, são tantas as
indiferenças, a falta de carinho no falar e agir, são tantos os
afastamentos, a falta de visão e amadurecimento espiritual,
que ficamos atordoadas, boquiabertas...
Então vou à Palavra de Deus e deparo-me com o irmão
apóstolo Paulo dizendo: "...em tudo recomendando-nos 
a nós mesmos como ministro de Deus: na muita paciência, 
nas aflições, nas privações, nas angústias, ...na pureza, no saber, 
na longanimidade, na bondade, no Espírito Santo, 
no amor não fingido, na palavra da verdade, no poder de Deus, 
pelas armas da justiça, quer ofensivas, quer defensivas,...
como desconhecidos e, entretanto, bem conhecidos; 
como se estivéssemos morrendo e, contudo, eis que vivemos;
como castigados, porém não mortos; entristecidos, mas
sempre alegres; pobres, mas enriquecendo a muitos; nada
tendo, mas possuindo tudo". Oh, quão enorme desprendimento!
É assim que quero viver. É esse o meu desejo para você.
Porque se não houver renúncia de nós mesmos e nos
voltarmos profundamente para a Pessoa de Cristo Jesus,
não suportaremos viver, pois somente em Cristo Jesus
gozaremos a verdadeira vida e refletiremos a Luz Pura
e Santa, ao estarmos dispostos e totalmente entregues
ao Espírito Santo Purificador e Consolador.
A abnegação é urgente!
Não devemos retroceder.
Prossigamos "para o alvo, para o prêmio da soberana 
vocação de Deus em Cristo Jesus"
Em Cristo, Aquele que "se esvaziou!"
II Co. 6.4-10; Fp.3.14; Fp. 2. 7
Ethel Martins

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

MULHER INTERCESSORA E CHEIA DE FÉ!

Alguns dias atrás estava lendo Mateus 15. 21-28. Fiquei emocionada ao ver o exemplo daquela mulher cananéia (ou siro-fenícia, como relata Marcos 7). São vidas assim que me ajudam  a cada dia.
Como mulher devo orar, clamar, pedir, rogar ao Senhor pela igreja. Destaco que aquela mulher, embora não pertencesse ao povo escolhido, o povo de Israel, sim, aquela mulher demonstrou tamanha fé que nem mesmo entre seu povo Jesus encontrara. Ela era uma mulher intercessora e cheia de fé.
A mulher cananéia estava passando por um momento muito difícil por causa de sua filha, esta se encontrava endemoninhada. Ao saber que Jesus estava em sua região ela não perde a esperança e a oportunidade de ir atrás de Jesus e seus discípulos gritando, clamando por misericórdia.  Ela roga por sua filha. O que aprendi com esta mulher?

1) Ela reconhece e adora Jesus. Diante de Jesus uma mulher adoradora com problemas, aflita, sim, mas confiante Naquele que é Senhor sobre tudo e todos. Ela O adorou e ao assim fazer d…

DIA DO PASTOR PRESBITERIANO - IPB

Homenagem ao Pastor

Seja mais jovem ou seja mais velho,
Seja licenciado ou seja jubilado,
Seja efetivo, seja eleito ou evangelista,
Não importa.
Fostes escolhido por Deus,
Fostes vocacionado por Deus,
Fostes capacitado por Deus.
A Deus seja a glória!
Que tua visão seja como a da águia,
Que tu sejas simples como a pomba,
Que tu sejas prudente como a serpente.
Precisas de Conselho?
Jesus é o teu Maravilhoso Conselheiro.
Careces de Sabedoria?
Deus te concede sem nada cobrar.
Andas cansado?
O Onipotente é a tua sombra onde podes descansar.
Tens preocupações?
Vosso Pai Celestial tem todo cuidado por ti.
Importa que você “cumpra o teu ministério,
Pregue a Palavra, corrige, repreende e exorta com toda a longanimidade e doutrina.
Faze o trabalho de um evangelista!
E Que o Senhor seja com o teu espírito”.
Parabéns, Pastor!

Ethel Martins

Homenagem feita aos Pastores do PCAG, em dez/2007

Neemias e Jesus: Missão Cumprida!

Neemias recebia cartas de Tobias para o atemorizar (Ne. 6. 15 a 19). Difícil esta situação. O que ressalta a nós é que Neemias não desanimou, não se atemorizou e não desistiu de sua missão.    Perseverança e fidelidade aprendemos com Neemias.         Sempre haverá alguém para causar temor, para desencorajar, para que tenhamos o foco desviado, para que deistamos da missão. Neemias foi fiel a Deus e à missão. Ele foi um bom político (Ne.5). Tinha consciência do que seus inimigos faziam. Ele discernia espiritualmente a voz de Deus e a voz do Inimigo. Isto é necessário à nós, especialmente quando nos encontramos em posição de liderança. Somente têm tal discernimento os que buscam a Deus incessantemente e têm um relacionamento profundo e pessoal com ELE. Neemias era sábio. Ele orava e agia (Ne. 4). Por causa disso todo o povo tinha ânimo para o trabalho.          Mesmo tendo encontrado uma situação desoladora ele animou o povo porque ele sabia o que o Senhor já tinha colocado em seu coração …