Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2017

Eu, morre!

Poder Voar

Uma larva desajeitada e feia.
Imaginamos o quão triste é ela.
A larva sumiu.
Um casulo parado e parecendo sem vida.
O tempo passa e pensamos: nada muda ou mudará!
Um dia o casulo desaparece.
No esplendor do azul celeste ou do céu cinzento
no jardim com poucas ou muitas flores,
aparece ela, voando, com suas multicores. 
Linda, alegre e planando sobre tudo e todos!
Voa livre anunciando que é preciso 
transformar para poder voar!