quarta-feira, 28 de maio de 2014

HÁ VIDA!

Já faz algum tempo que não escrevo.
Este é o primeiro post deste ano de 2014.
Isso porque, só escrevo e posto, quando tenho a direção do Espírito 
que incentiva e consequentemente, tenho vontade de fazê-lo.
Creio que nada é por acaso ou coincidência.
Então, nesta manhã, disponho este pequeno texto que desde  2012
tem falado ao meu coração e me instigado a crer somente NEle!
Graça e paz!

Por que vos alvoroçais e chorais?”
Marcos 5. 36, 39

Diante da morte da filha de Jairo Jesus fez a pergunta acima. 
E quando Ele disse que a menina não estava morta, 
mas dormia, as pessoas “riam-se Dele”.
Hoje ao passarmos por momentos profundamente tristes 
 Jesus pode nos perguntar a mesma coisa. 
Como estamos respondendo a esta questão?
Jesus não estava sendo irônico ou sarcástico. 
Jesus mostrou firmeza e foi categórico. 
Ele não deixa dúvidas de que o controle está em Suas mãos. 
Ele tem ciência da aflição da família e amigos. 
Jesus ternamente, em compaixão, indaga o motivo do choro e perturbação, 
pois, não fora Ele chamado para curar a menina?
Jesus Cristo é, não somente o que cura, 
mas Aquele que restitui a vida. 
Jesus conhece os corações e com toda autoridade 
traz a menina da morte para vida e entrega-a  aos seus. 
Grande espanto veio sobre todos.
 Primeiro risadas,  e depois espanto.
Morte é inatividade, insensibilidade, é separação. 
Espiritualmente podemos nos encontrar assim: insensíveis e separados. 
Desespero, choro e alvoroços no coração. 
E quando vamos a Jesus em oração clamando: 
“Venha, pois já estou quase “morrendo” e a 
situação está insuportável, só o Senhor pode agir”
Jesus pergunta-nos: “Por que vos alvoroçais e chorais?” 
Creia não é o fim, há vida
“Estou aqui! “Não temas; crê somente!”
    

Escrito em 19/11/2012 por Ethel Martins

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é importante. Agradeço a sua visita. volte sempre. Abraços da Ethel.