domingo, 25 de janeiro de 2015

Parecidos com Ele



Ao refletir sobre aquilo que agrada a Deus e 
como viver de maneira intensa a vida de Jesus em nós, 
percebemos, conforme nos ensina a Palavra, 
que o amor vivido diariamente, 
onde todos os frutos decorrentes deste amor real, 
se materializam em nossa vida,  sem esforço, 
sem barganhas, sem embaraços, sem questionamentos, 
é o que realmente nos torna parecidos 
com  Aquele a quem chamamos de Senhor e Salvador. 
Simplesmente somos instrumentos 
levados pelo Amor Imensurável. 
(Texto escrito em 02/01/2015)

Da irmã, amiga, companheira e serva Ethel Martins

sexta-feira, 16 de janeiro de 2015

O MAIOR

Se nos fosse dado conhecer o futuro,
 fatalmente o orgulho prepotente nos afetaria. 
Ao menor conhecimento que temos 
logo nos julgamos maiores e poderosos. 
Como somos miseráveis!

Aquele que é o Supremo Criador, 
o Deus Eterno, o Deus Forte, o Onisciente, 
Onipotente e Transcendente a tudo e a todos, 
Ele mesmo abriu mão de Sua Glória e 
Riqueza incontável a nós, 
pequenos seres, sim, Ele em humildade e mansidão, 
amor e compaixão veio e 
nos mostrou que o MAIOR é aquele que SERVE.

(Texto escrito em 04/01/2015)

Abraços da amiga, irmã, companheira e serva Ethel Martins 

terça-feira, 13 de janeiro de 2015

O Doador da Alegria



A alegria verdadeira não está vinculada a 
nenhuma circunstância terrena material que vivemos. 
Não é algo palpável. 
A alegria verdadeira não são amores fortuitos, 
não é  abandonar valores éticos e 
princípios em nome de uma vã liberdade. 
A alegria verdadeira procede DAQuele que é Alegria. 
É alegria eterna, que jamais inferno, 
outra criatura ou circunstâncias poderão tirá-la de nós. 
Simplesmente porque Alegria vive em nós.

Da amiga, irmã, companheira e serva
Ethel Martins

(Texto escrito em,  MG 05/01/2015) 

segunda-feira, 12 de janeiro de 2015

TEMOR e SABEDORIA

Quem é carente de sabedoria? 
Hoje em dia ser sábio é algo imprescindível. 
Sabedoria não é somente conhecer tudo.
Sabedoria não é estudar livros e livros, 
ler ou cursar uma boa universidade.
Sim, adquirimos o saber lendo e estudando. 
O que estou dizendo é:
A sabedoria está ligada ao temor.
Quem teme inicia-se no conhecimento da sabedoria e 
vive uma existência sábia.
Sem demora explico que este temor não é medo e, sim, 
respeito em amor e reconhecimento.
Se realmente queremos a sabedoria verdadeira, então, 
devemos temer ao SENHOR,
Amando-O acima de tudo e todos, 
respeitando-O, honrando-O e 
reconhecendo-O como o Único SENHOR.
Neste mundo tão caótico, cheio de filosofias e religiosidade 
o Espírito Santo nos diz, que:
"O Temor do SENHOR é o princípio do saber..."
A Sabedoria nos exortará, guiará e firmará nossos passos.
A Sabedoria nos diz que devemos obediência a Ele, o SENHOR!

Pense:
Você já adquiriu sabedoria?

Dica:
Leia Provérbios, capítulos 1, 2 e 3

domingo, 4 de janeiro de 2015

2015!

2015 !

Novo.
Acabou de chegar.
Não sabemos o que virá.
O Senhor do Tempo e da História controla,
com Onipotência, isto é certo.
Nossa oração deve ser:

“Venha o Teu reino;Seja feita a Tua vontade,
assim na terra como no céu.”*

Que nossa satisfação seja Cristo Jesus,
Aquele em quem Deus se compraz.
De maneira incessante devemos buscá-LO, em oração.
Que na Palavra Dele tenhamos prazer.**
Nossos passos tenham a direção DAquele que é o Caminho.
Que haja produção cotidiana, em nós, do fruto espiritual: Amor!***


Leia: *Mateus 6.10; **Salmos 119. 70 e ***Gálatas 5. 22 a 26

sábado, 25 de outubro de 2014

CONHECER A DEUS PARA SER REANIMADO!

Muitos poderiam escrever. Creio que existam melhores escritores do que eu. Sou apenas uma mulher que coloca no papel e/ou blog, palavras que falam ao meu coração e que, de maneira misericordiosa, DEUS concede-me o privilégio de compartilhar com outros. Uso esse meio para despertar e ajudar, ministrando ao  coração palavras de ânimo, bálsamo para a vida. 
Entendo que o Espírito Santo é Aquele que detém o poder o Consolador. DEUS é: o “DEUS de toda consolação”. (II Co.1.3), mas, neste mesmo texto diz que: “É Ele que nos conforta em toda a nossa tribulação, para podermos consolar os que estiverem em qualquer angústia, com a consolação com que nós mesmos somos contemplados por DEUS.” (II Co.1.4).
Quando olhamos para nós mesmos ou para as situações ou, ainda, para pessoas ao nosso redor, sempre estaremos vulneráveis a desanimarmos e ficarmos prostrados numa letargia sem fim, pensando em quanto nossa vida é sem sentido, tudo o que fazemos parece cair num vazio. Nossas orações, acreditamos nem serem ouvidas. O trabalho torna-se enfadonho e é com tremendo esforço que o fazemos. Ora, não é assim que Deus quer que vivamos. 
Outro dia li na Palavra Divina, em I Samuel 30.6, que Davi estava angustiado, o povo queria apedrejá-lo porque  estavam com amargura, pois seus filhos, filhas e mulheres tinham sido  levados cativos pelos inimigos amalequitas. A angústia e amargura do povo se voltaram contra a vida de Davi e ele também se angustiou, e com razão. Eles tinham chorado muito, até perderem as forças (veja no versículo 4).
Não pouca vezes, é assim que nos encontramos. Sem forças, sem alento.
Não obstante a toda aquela situação triste e desalentadora, o que fez Davi? Ele chorou, perdeu as forças se angustiou e quase morreu apedrejado. Davi não ficou à mercê daquela situação por muito tempo. Ele sabia a quem sua vida pertencia, ele conhecia o seu DEUS.   “Davi se reanimou no SENHOR seu Deus”. Quando conhecemos a DEUS, verdadeiramente, sabemos de onde virá o ânimo renovado. E Davi não era ignorante quanto aquilo que DEUS poderia fazer e nem quanto quem era o seu DEUS. Ele se reanimou, não nas situações nem nas palavras de alguma pessoa angustiada, igual como ele se encontrava. Ele se reanimou no SENHOR seu DEUS. E com a sabedoria e lenitivo, naquele momento difícil e triste, que o SENHOR lhe concedera, ele conversou com DEUS e  seguiu debaixo da orientação Divina. (I Sm.30.7-9). Podemos ver como ele “salvou tudo quanto haviam tomado os amalequitas; também salvou as suas duas mulheres. Não lhes faltou cousa alguma, nem pequena nem grande, nem os filhos, nem as filhas, nem o despojo, nada do que lhes haviam tomado: tudo Davi tornou a trazer.”(I Sm. 30. 18).
Conheçamos  O “DEUS te toda consolação!”  Como? Basta nos dedicarmos em oração e prática da leitura Bíblica. Volvamos nossos olhos para ELE.
Em momentos de desânimo total, sem perspectivas, sem apoio, sem saída, vamos nos lembrar DAquele, SENHOR que conhecemos, NELE e somente NELE nosso ânimo será revigorado.
Em Jesus Cristo, reanime-se no SENHOR seu DEUS!  ELE concederá o lenitivo e dará a direção.
Da amiga irmã, serva, companheira, esposa de pastor e dona de casa,

sábado, 6 de setembro de 2014

AMOR INIGUALÁVEL - João3. 16

Quem amou:
                      Deus.
A quem amou:
                      ao mundo.
Como amou: 
                      de tal maneira.
Prática desse amor:
                      deu Seu Filho Unigênito.
Com que objetivo:
                      resgatar da morte.
Quem é resgatado:
                      todo o que Nele crê.
A glória desse amor:
                      não morrer, mas ter a vida eterna.

Vamos viver este amor!
Da amiga, irmã, companheira e serva 
Ethel Martins

quarta-feira, 28 de maio de 2014

HÁ VIDA!

Já faz algum tempo que não escrevo.
Este é o primeiro post deste ano de 2014.
Isso porque, só escrevo e posto, quando tenho a direção do Espírito 
que incentiva e consequentemente, tenho vontade de fazê-lo.
Creio que nada é por acaso ou coincidência.
Então, nesta manhã, disponho este pequeno texto que desde  2012
tem falado ao meu coração e me instigado a crer somente NEle!
Graça e paz!

Por que vos alvoroçais e chorais?”
Marcos 5. 36, 39

Diante da morte da filha de Jairo Jesus fez a pergunta acima. 
E quando Ele disse que a menina não estava morta, 
mas dormia, as pessoas “riam-se Dele”.
Hoje ao passarmos por momentos profundamente tristes 
 Jesus pode nos perguntar a mesma coisa. 
Como estamos respondendo a esta questão?
Jesus não estava sendo irônico ou sarcástico. 
Jesus mostrou firmeza e foi categórico. 
Ele não deixa dúvidas de que o controle está em Suas mãos. 
Ele tem ciência da aflição da família e amigos. 
Jesus ternamente, em compaixão, indaga o motivo do choro e perturbação, 
pois, não fora Ele chamado para curar a menina?
Jesus Cristo é, não somente o que cura, 
mas Aquele que restitui a vida. 
Jesus conhece os corações e com toda autoridade 
traz a menina da morte para vida e entrega-a  aos seus. 
Grande espanto veio sobre todos.
 Primeiro risadas,  e depois espanto.
Morte é inatividade, insensibilidade, é separação. 
Espiritualmente podemos nos encontrar assim: insensíveis e separados. 
Desespero, choro e alvoroços no coração. 
E quando vamos a Jesus em oração clamando: 
“Venha, pois já estou quase “morrendo” e a 
situação está insuportável, só o Senhor pode agir”
Jesus pergunta-nos: “Por que vos alvoroçais e chorais?” 
Creia não é o fim, há vida
“Estou aqui! “Não temas; crê somente!”
    

Escrito em 19/11/2012 por Ethel Martins

sexta-feira, 27 de dezembro de 2013

Momentos!

São tantos os momentos...
Cada minuto, segundo, hora...
São dias já passados que não voltam mais.
O futuro está a nossa frente.
O hoje é como o gozo daquilo que já vivemos ou o
Vislumbre do que podemos viver.
A certeza é a de que houve, há e haverá sempre
O Controlador de Tudo e Todos.
Nada está longe de Seus Olhos e Mãos.
A tristeza e a lágrima, a dor e a solidão,
A alegria e o sorriso, o amor e a compaixão,
A hipocrisia e a distância, a frieza e a insensibilidade,
A misericórdia e o perdão, a honestidade e a autenticidade,
O aconchego e o companheirismo, o amor sem cobranças.
Obrigada, Deus, por todos estes momentos vividos,
Em cada um cresci, amadureci, aprendi a ouvir-Te.
Em cada momento fui corrigida e educada por Ti.
Obrigada, porque vejo a minha pequenez
E Tu revela e faz-me contemplar a Tua Grandeza!
Ethel Martins


 Feliz 2014!

quarta-feira, 11 de dezembro de 2013

IMAGINA...


Um dia acordar e não ter nada a fazer. Não ouvir os pássaros cantando. Não ter que cozinhar, passar, lavar, esfregar o chão, cuidar dos filhos e esposo, não precisar ir ao médico, dentista, tomar banho, visitar as pessoas, estudar, fazer o bem e...."n" coisas....já imaginou?

Esse dia chegando estaremos mortas, literalmente, para esta vida.

Mas, não quero falar de morte e, sim, de vida verdadeira.

Um dia não precisaremos fazer nada destas coisas pois, pra onde iremos já não haverá lágrimas, nem dor, nem a lida diária com a qual convivemos desde que nascemos. Um dia, estaremos vivendo na glória eterna!

Mas, enquanto estivermos neste mundo, dia a dia, teremos coisas a fazer, resoluções a tomar, pessoas para cuidarmos, palavras a dizer, saúde a tratar, corpo físico a descansar, sono a sentir, dormir a cada noite ou, não. Desfrutarmos da companhia de amigos e irmãos ou, enfrentarmos desavenças, discórdias, iras, invejas....

Puxa são tantas coisas! Está imaginando?

Agora, imagina tudo isso sem a presença do Espírito Santo?....... Pensou?......

Não creio que sobreviveríamos uma hora.

O que nos move é o amor! Amor como fruto do Espírito!
Sem Ele estamos fadados a morte.
Tudo o que fazemos deve ser por amor. Do contrário será só mais um barulho neste mundo, sem nenhum acorde de bela melodia transformadora. Sim, o amor tudo transforma. Não foi isso que aconteceu conosco? O Amor transformou-nos, e isso foi graça.

Podemos imaginar nossa vida sem o Amor?

Podemos pensar que todo nosso viver, talvez, esteja sendo sem valor, sem perspectiva, mas, o Amor dá significado às mínimas coisas, até mesmo àquelas que pensamos não terem nenhum valor.

Imagina....vivermos não somente com Amor, mas por Amor. A cada roupa lavada, o amor está lá. A cada saída para o trabalho, o amor nos acompanha. A cada palavra que ouvimos, boa ou ruim, o amor suporta. A cada decisão a tomar, o amor nos guia. A cada tempo que doamos, o amor supre. A cada pessoa que ajudamos, o amor nos fortalece. A cada abraço que damos , o amor nos envolve, de tal maneira, que a alegria indizível é vista em nós. A cada olhar, o amor fitará em compaixão. A cada clamor, o amor ouvirá com misericórdia.

Imagina...o Amor vivendo através de nós!
Imagina...a diferença no viver por causa deste Amor!

O Amor não se ilude e não se deixa iludir.
O Amor é incondicional.
O Amor é Verdadeiro!
O Amor é o Salvador!
O Amor resgata a nós de nós mesmos.
O Amor é para sempre, nunca acabará!

Imagina...espalharmos este Amor!...

Abraços NAquele que é o Amor!
Ethel Martins